Notícias

LUTA

UFS é repleta de artes e debates na Semana de Luta contra a violência à Mulher

Data de Publicação: 21/08/2017

Entre os dias 14 e 18 de agosto a UFS foi agitada pela Semana de Luta contra a violência à Mulher, com dança, teatro, música e exposição fotográfica, entre outras expressões em torno do tema. A abertura da semana foi marcada por uma roda de conversa no Hall do Restaurante Universitário (Resun) contando como facilitadoras representantes dos movimentos sociais e sindicais envolvidos na luta contra o machismo em suas organizações e na sociedade.

Foi a forma ideal de dar início a cinco dias de intensos debates e mobilizações contra a opressão de gênero que tiveram continuidade na manhã seguinte com o lançamento da exposição fotográfica "DANI & ELAS - Por uma... por todas!", de autoria de Erna Barros e Ewertton Nunes, além de apresentação de dança "Senhora de Mim", por Michelle Pereira. As apresentações agregaram bastante a atenção da comunidade acadêmica e de alunos da Escola Vinícius de Moraes, do bairro Rosa Elze, em atividade coordenada por professoras de diversas turmas. A partir de quarta, dia 16, exposição segue em exibição na Galeria de Arte Jordão de Oliveira, no Hall da Bicen, até o dia 25. 

No terceiro dia de atividades mais uma roda de conversa, dessa vez no Hall da Reitoria e com Meirivone Aragão, da Assessoria Jurídica do Sintufs, como facilitadora. O tema do debate girou em torno do Assédio Sexual e Moral, onde foram elucidados diversos aspectos dessas práticas abusivas para contribuir no combate a suas ocorrências através da resistência ativa e da educação.

Já a quinta, dia 17, contou com muita arte e empoderamento no Hall do Resun, com atividades artísticas pela manhã e pela tarde. Primeiro com uma formidável apresentação da peça "Maria da Penha: uma vida de luta", pela Companhia de Arte da ALESE. Em seguida, a dançarina Michelle Pereira novamente apresentou de forma belíssima sua performance "Senhora de Mim". Assim como na terça, alunas e alunos da Escola Vinícius de Moraes, do bairro Rosa Elze, estiveram presentes na atividade.

À tarde teve Rap, papo reto, empoderamento e combate ao machismo  com a apresentação de Flor'Marias, Bruxas do Cangaço, Relato Verdadeiro e Guerrilheiras na Semana de Luta contra a violência à Mulher no Hall do Resun, além de grafitagem com Karina Vieira 'Coruja' e dança com Flow Minas Crew.

O encerramento da Semana de Luta contra a violência à Mulher na manhã de sexta, dia 18, contou com um importante e extremamente qualificado debate sobre a violência à mulher em Sergipe com Adélia Moreira Pessoa, Presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher OAB/SE; Sonale Santana F. Alcântara Ramos, Analista Judiciária do Serviço Social do Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra Mulher - TJ/SE; e I?z?abelita Alves Araújo, Representante do COREN no Conselho Municipal de Direitos da Mulher.

TRISTE CONTEXTO & RESISTÊNCIA
Na UFS, além do Dia Internacional da Mulher no 8 de Março, uma outra data remete a essa luta por equidade: o 19 de Agosto, quando se completa, em 2017, quatro anos do brutal feminicídio de Danielle Bispo dos Santos, trabalhadora do Resun assassinada pelo ex-companheiro em pleno local de trabalho. É em referência e memória a essa data que, todos os anos, o Sintufs promove uma série de atividades na luta contra o machismo.