Notícias

FREQUÊNCIA ELETRÔNICA

SINTUFS lança nota sobre fim do ponto biométrico na UFS: TAEs irão à luta!

Data de Publicação: 30/10/2017

Diante da decisão judicial reconhecendo que imposição do ponto biométrico na UFS sem discussão interna fere o princípio da autonomia universitária, o Sintufs conclama os TAEs da instituição a organizarem a luta por uma discussão ampla do melhor método de controle de frequência que possa contemplar a grande diversidade e heterogeneidade das diversas profissões, atividades e cargos em suas particularidades. Confira abaixo a nota emitida pela Coordenação Executiva do Sindicato a respeito da questão.

_______________________________

 

QUEREMOS O FIM DO PONTO BIOMÉTRICO NA UFS, JÁ!

Em Assembleia realizada na manhã da última quinta, dia 26 de outubro, os trabalhadores técnico-administrativos da UFS, deliberaram pelo Fim do Ponto Biométrico, já! Agora nós queremos que a decisão seja discutida e democratizada na Universidade!

No último dia 3 de outubro, a Reitoria da Universidade foi comunicada da decisão do TRF que devolveu a autonomia à Administração da UFS em decidir pela forma de registro de freqüência de seus trabalhadores. A Ação Civil Pública movida pelo MPF em 2015 exigia a adoção do registro de Ponto Biométrico na Universidade e a própria administração usou o argumento para se desresponsabilizar da decisão junto à reivindicação dos técnicos.

Diante da nova decisão judicial, não podemos deixar de retomar a discussão do registro de freqüência dos trabalhadores. O ponto biométrico não nos contempla, é instrumento de assédio moral e a UFS não é mais obrigada a aceitar essa medida!

A Coordenação Executiva do SINTUFS já havia reivindicado à PROGEP e ao Reitor durante a reunião do CONSU, no dia 23 de outubro, a necessidade de rever a medida e democratizar a decisão. Os mesmos garantiram que haveria uma rediscussão do registro de freqüência, mas até o momento não se dispôs a dialogar sobre o tema com o Sindicato. Deste modo, a categoria aprovou em Assembleia a formação de uma comissão constituída entre trabalhadores da base e da coordenação do SINTUFS para tratar do assunto junto à PROGEP. Se esta comissão não for recebida até o dia 30 pela Gestão da UFS, realizaremos um protesto pelo Fim do Ponto Biométrico e pela rediscussão da forma de Registro de Frequência no próximo dia 31 de outubro, terça-feira, às 8h da manhã no Hall da Reitoria.

Caso a Comissão não seja recebida pela Universidade no dia da manifestação, já foi deliberado pela categoria: A PARTIR DO DIA 1º DE NOVEMBRO NÃO VAMOS BATER O PONTO BIOMÉTRICO! O Sindicato irá emitir uma folha de Registro Manual a ser assinada diariamente pelos trabalhadores em substituição ao registro de ponto biométrico!

EM TEMPOS DE AUTORITARISMOS E DE GOVERNOS ILEGÍTIMOS, NÃO PODEMOS ABRIR MÃO DE DEMOCRACIA DENTRO DA UFS!

DIA 31 DE OUTUBRO É DIA DE LUTA! FIM DO PONTO BIOMÉTRICO JÁ!

São Cristóvão, 29 de outubro de 2017.

“A luta continua: Nenhum direito a menos”
SINTUFS Gestão 2017/2018