Notícias

PLENÁRIA DA FASUBRA

Calendário de lutas no mes de março terá foco na organização das mulheres

Data de Publicação: 06/03/2018

Atos de rua em todo o Brasil denunciando o machismo e na defesa por direitos: esse será o mote do calendário de lutas aprovado na Plenária da Fasubra no último fim de semana, quando delegados de todo o país representaram os TAEs para orientar a atividade da Federação para os enfrentamentos que virão. A deliberação é em alusão ao 8 de Março, Dia Internacional da Mulher, uma data de luta com um histórico de coragem e combatividade das mulheres de todo o mundo. Por conta disso, em Sergipe, haverá um ato unificado na quinta, com concentração a partir das 7h no Viaduto do DIA.

PLENÁRIA
Importantes assuntos foram abordados na plenária já no primeiro dia, quando se discutiram temáticas como 'Mulheres Negras' e 'Machismo e Sindicato', dando o pontapé inicial dos debates que se seguiriam. Com a presença de Taira Moreira representando o SINTUFS e Maria Neris representando a base da UFS, também foram feitos importantes repasses da direção nacional da Federação, principalmente no que diz respeito a reuniões com o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG, antigo MPOG).

Conforme apontou a direção da Federação, enquanto algumas pautas foram atendidas, outras não avançaram ainda, o que espera-se que seja alcançado na próxima reunião com o Ministério da Educação (MEC) no final de março. "Um dos pontos mais importantes abordados em toda a plenária foi o chamado à unidade: deve-se buscar unificar, encontrar os pontos em comum das diferentes correntes que compõem o movimento para fortalecer a luta diante dos ataques do governo federal aos direitos da classe trabalhadora", destaca Taira.

Também houve atualização do regimento para fossem feitas adequações aos prazos das atividades em relação à nova data do Congresso da Fasubra, que ainda em 2017 fora adiado para os dias 6 a 11 de maio deste ano. Além disso, foi deliberado que deverão ser encampadas campanhas contra a intervenção militar no Rio de Janeiro, bem como foi anunciado que haverá uma Campanha Salarial Unificada junto ao Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe). As deliberações podem ser lidas no site da Fasubra clicando aqui.