Notícias

CONTRA O PATRIARCADO

Sintufs realiza em 21 e 22 de agosto 'Dias de Luta contra violência à Mulher'

Data de Publicação: 19/08/2018

Em referência ao assassinato de Daniele Bispo dos Santos em 19 de agosto de 2013, mais um entre tantos trágicos casos de feminicídio no Brasil, o SINTUFS anualmente realiza ações para debater a violência de gênero com a comunidade acadêmica e externa. Nesse contexto, na terça e na quarta, 21 e 22 de agosto, acontecerá o evento 'Dias de Luta contra violência à Mulher', com debates, apresentações artísticas, exposição fotográfica e outras formas de expressões e reflexões acerca da opressão às mulheres e a resistência ao patriarcado.

Confira nota emitida pela Coordenação executiva do Sintufs:

19 DE AGOSTO, NUNCA ESQUECEREMOS!

O mês de agosto é lilás...simbolicamente a cor que representa movimentos históricos de luta pelos direitos das mulheres. Em agosto  de 2018 celebramos 12 anos da promulgação da Lei Maria da Penha, normativo basilar na proteção das mulheres que vivenciam situações cotidianas de violência nas suas faces mais diversas. Agosto é lilás para nos lembrar da necessidade de discutir sobre violência contra mulher, sobre violência doméstica, sobre os índices alarmantes e crescentes de violência de gênero no nosso país e no estado de Sergipe. 

Agosto é lilás e nos convida a repensar nossas atitudes diante da violência e reformular velhos ditados populares diante de episódios de mulheres que foram mortas por seus companheiros mesmo gritando por socorro: “Em briga de marido e mulher, EU METO A COLHER SIM”.

Agosto é lilás também por ser o mês dos servidores da UFS permanecerem em luta e não permitirem que se apague a memória de Daniele Bispo, assinada no RESUN no dia 19 de agosto de 2013 por seu ex-companheiro. Uma vítima do feminicídio. 

E em memória de Daniele Bispo e para demarcar a luta contra violência a mulher, nós do SINTUFS reforçamos o convite para que nos dia 21 e 22 de agosto de 2018 no Campus São Cristóvão, técnico-administrativos, professores, estudantes e público em geral, participem do evento “Dias de Luta Contra Violência à Mulher”.