Notícias

UFS FEMINISTA

Empoderamento e Resistência contra o patriarcado marcam evento na UFS

Data de Publicação: 23/08/2018

Entre debates, apresentações artísticas, exposição fotográfica e outras formas de expressões e reflexões acerca da opressão às mulheres e a resistência ao patriarcado, foi realizado na terça e quarta, dias 21 e 22, o evento 'Dias de Luta contra a violência à Mulher', 

O evento teve início na terça, quando foi inaugurado o 'Mural Danielle Bispo dos Santos', no Resun/UFS (campus São Cristóvão). O espaço nas dependências do Resun conta agora com fotos de Erna Barros e Ewertton Nunes e ilustrações por Stephanie Ariel. Em seguida houve atividade cultural com 'Samba de Moça Só' no Hall do Restaurante Universitário.

Na quarta, foi a vez dos debates acontecerem com a mesa de abertura do Seminário 'Danielle Bispo: machismo e as faces a violência do gênero' na Sala dos Conselhos. Houve palestras apresentada por Mariana Lopes, integrante da Coordenação da Mulher Trabalhadora da Fasubra Sindical, com o tema 'Feminicídio e a invisibilidade da violência contra a mulher', e por Verônica Barros, TAEs da UFS e pesquisadora de questões de gênero, com o tema 'As diferentes formas da desigualdade e da violência de gênero'.

No período da tarde, foi debatido o tema 'Intolerância mata! Dados da violência LGBT em Sergipe', em que debateram Mário Leony, delegado da Polícia Civil e fundador do Renosp LGBT, e Moisés Menezes, assistente social e pesquisador da temática de homofobia e transfobia.