Notícias

NOTA DE SOLIDARIEDADE

JEAN VIVO !

Data de Publicação: 27/01/2019

Nota de Solidariedade dos trabalhadores da Universidade Federal de Sergipe ao deputado Jean Willys

As trabalhadoras e trabalhadores técnico-administrativos em Educação da UFS, reunidos em assembleia no dia 25 de janeiro, se solidarizam ao deputado federal Jean Willys (PSOL-RJ), que teve que deixar o país devido às constantes ameaças de morte a si e à sua família, além da impossibilidade de viver livremente sem riscos à sua integridade física. O deputado sempre foi um defensor da justiça social, igualdade, dos direitos humanos e, especialmente, em defesa da população LGBTQ, o que incomoda os interesses de muitos. Jean se destacou nacionalmente e internacionalmente pela defesa incansável pelo respeito aos direitos humanos. O Brasil é o país que mais mata LGBT´s no mundo e, atualmente, ainda vive um clima de terror político desde a última eleição presidencial.

Apesar da tristeza com que nos abateu tal notícia, entendemos e respeitamos a decisão de exílio tomada por Jean, pois sua vida e liberdade devem prevalecer. Ademais, se algo de bom pode ser extraído de um evento cercado de tristeza e violência como este, é a possibilidade de termos outro grande representante no Congresso, David Miranda, assumindo a vaga de Jean. Isso nos faz ter a certeza de que o combate seguirá com a mesma força. 

Precisamos de você, Jean, mesmo distante, mas combativo, resistindo como sempre.

 Entretanto, aqui nos cabe (membros dos movimentos sociais e populares, sindicatos, ativistas e defensores dos direitos humanos, admiradores do trabalho de Jean e sociedade em geral) uma missão: lutar para que o governo brasileiro investigue e puna aqueles que reiteradamente e publicamente ameaçam e ameaçaram  a vida do deputado Jean Willys.

O crime contra a sua companheira de partido (PSOL), Mariele Franco, permanece sem desfecho e punição, e não podemos aceitar que novamente outro deputado seja alvo de ameaças e o poder público tenha como única resposta a negligência e o descaso.

Apesar das dificuldades que se delineiam nesta conjuntura, estamos certos de que nos veremos em um futuro breve, lutando lado a lado em um país mais justo e inclusivo.

#PELAVIDA #PORRESPEITO #JEANVIVO

São Cristóvão, 25 de janeiro de 2019