Notícias

22 DE MARÇO

Centrais marcam “Dia Nacional de Luta e Mobilização em Defesa da Previdência”

Data de Publicação: 07/03/2019

No final de fevereiro, em São Paulo (SP) as dez centrais sindicais estabeleceram o dia 22 de março como o “Dia Nacional de Luta e Mobilização em Defesa da Previdência”. A ideia é iniciar o enfrentamento contra a reforma e aumentar a mobilização rumo à greve geral em defesa das aposentadorias.

Conforme foi definido nas resoluções aprovadas no último dia 21 de fevereiro, as entidades reforçaram a necessidade de ampliar a atuação sindical no Congresso Nacional, intensificando a interlocução e pressão com os parlamentares e com a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Previdência Social.

As centrais destacaram ainda a importância da união entre as entidades sindicais,  movimentos sociais, parlamentares, entre outros setores da sociedade, para fortalecer a luta contra a proposta de reforma da Previdência (PEC 6/2019), informar melhor os trabalhadores e trabalhadoras sobre os danos da proposta e contra o fim da aposentadoria.

A Plenária Nacional da Fasubra Sindical aprovou a participação em todas as iniciativas e fóruns no enfrentamento aos retrocessos e retirada de direitos. No dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher, mobilizações e protestos serão realizados para dialogar com a sociedade contra a reforma, em especial, com as trabalhadoras que serão extremamente prejudicadas.

A categoria está em estado de mobilização permanente, acompanhando o calendário proposto pelas centrais sindicais que aponta a necessidade de construir a greve geral, caso a proposta de reforma seja encaminhada para votação. A orientação é priorizar a luta contra a reforma da Previdência, em defesa dos direitos sociais, em defesa das liberdades democráticas, contra as privatizações, em defesa da educação pública e por melhores condições de trabalho e salário dos técnico-administrativos e técnica-administrativas nas Instituições de Ensino (TAE).

Fonte: Fasubra