Notícias

GREVE GERAL

Trabalhadores da UFS aprovam Greve Geral e mobilização para 30 de maio

Data de Publicação: 28/05/2019

Categoria aprova delegado para Plenária Nacional da Fasubra e adiamento da prestação de contas

 Os corredores silenciosos da Biblioteca Central, no Campus São Cristóvão, testemunharam mais uma assembleia geral extraordinária dos trabalhadores da UFS.  A chuva que despencou pela Grande Aracaju no final de maio não espantou os técnico-administrativos em Educação, que deliberaram ações importantes sobre a mobilização nacional de 30 de maio, a Greve Geral de 14 de junho, a tiragem de delegados do Congresso da Fasubra, dentre outras questões.

Informes

A Coordenação Executiva informou que foram detectadas irregularidades no pagamento dos funcionários da empresa New Tech, prestadora de serviços no Hospital Universitário de Aracaju. Casos como o atraso no salário e pagamento parcial são constantes nos relatos colhidos e a Coordenação buscará providência ainda esta semana.

Foi reforçado o convite para o debate sobre a Reforma da Previdência, que acontece nesta quarta (29) a partir das 9h no miniauditório do DEN/CCBS, com o advogado Maurício Gentil e o coordenador Geral do Sindprev/SE, Joaquim Ferreira. Outra atividade referente à Reforma da Previdência ocorrerá no dia 4 de junho, no Campus do Sertão, em Nossa Senhora da Glória, com a presença da professora Sônia Meire.

Foi comunicada a intimação da Justiça Federal à Adufs, provocada a partir de uma ação de um professor da UFS, que empenha uma pena de 50 mil reais de multa diária em possíveis ações de trancamento, seja dos portões da Universidade, seja da Avenida Marechal Rondon, configurando um verdadeiro ataque ao direito de manifestação.

A Coordenação também ressaltou a Consulta sobre a distribuição dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI´s) a partir de um formulário no site do sindicato. A consulta segue até o dia 31 de maio, todos os setores da categoria devem contribuir para o mapeamento de um direito conquistado a partir de setembro de 2018.

Plenária da Fasubra

A assembleia definiu, por maioria de votos,  um representante da Coordenação Executiva do Sintufs como delegado para a Plenária nacional da Fasubra, que acontece entre os dias 8 e 9 de junho em Brasília-DF. O representante escolhido foi o coordenador Geral do Sintufs, Wagner Vieira.

Mobilização para o dia 30 de maio

Após uma breve análise dos impactos das manifestações nacional do dia 15 de maio, que reuniu mais de um milhão de pessoas nas ruas de 220 cidades brasileiras em defesa da Educação e contra os cortes do MEC, a assembleia definiu construir um grande dia de luta no dia 30 de maio, nesta quinta-feira, em defesa da Educação Pública e contra a Reforma da Previdência. Em Aracaju, o ato terá a concentração na Praça General Valadão, a partir das 15 horas, e marchará em direção ao terminal do DIA. No período da manhã os servidores farão uma panfletagem e ações de diálogo junto à comunidade acadêmica. 

A manifestação foi convocada pela União Nacional dos Estudantes (UNE) e teve a adesão de diversos setores como centrais sindicais e frentes de mobilização. Diferente do ocorrido no dia 15 de maio, a Coordenação do Sintufs não definiu por não cruzar os braços, apesar de compor a mobilização, mediante os obstáculos frente às ações no bojo da UFS.

Greve Geral no dia 14 de junho

Os servidores técnico-administrativos em Educação também aprovaram, por unanimidade, a adesão à Greve Geral contra a Reforma da Previdência. A greve nacional foi convocada pelas centrais sindicais para o dia 14 de junho. A adesão à paralisação é uma orientação da Fasubra e demais entidades nacionais da educação pública. O Sintufs vem participando das greves gerais ocorridas no Governo Temer, que tinham a mesma finalidade de barrar a Reforma da Previdência daquele governo.

Prestação de Contas adiada

No dia 27 de maio a empresa Mira Contabilidade, responsável pela assessoria contábil do Sintufs, solicitou a prorrogação por mais sete dias a entrega das Demonstrações Contábeis referentes ao período de junho a dezembro de 2018. O escritório alega motivos de adequação de Escrituração Contábil, e se comprometeu a entregar a documentação até esta sexta-feira ( 31).

Diante do informe da assessoria contábil, a Coordenação Executiva do Sintufs propôs a prorrogação da assembleia de prestação de contas, convocada para o final do mês de maio, para o dia 7 de junho. A nova data garante um prazo suficiente para a entrega – com 5 dias de antecedência para toda a categoria – dos balancetes político-contábil-administrativos do Conselho Fiscal, para que os servidores técnico-administrativos estejam com os balancetes em mãos no momento da prestação de contas.