Notícias

ASSEMBLEIA

TAEs serão recebidos por Reitor para rediscutir registro de frequência na UFS

Data de Publicação: 07/11/2017

Reunidos em assembleia na manhã de terça, dia 7, os TAEs da UFS foram informados pelo Sintufs da proposta da administração da universidade para receber uma comissão em reunião com o fim de rediscutir o ponto biométrico na instituição. Essa vitória da mobilização e pressão da categoria foi referendada pela deliberação de voltar a fazer o registro de frequência no ponto biométrico a partir da quarta, dia 8, até a data dessa reunião, agendada para 16 de novembro.

Outra deliberação importante deu-se no intuito da defesa dos direitos e contra o desmonte do serviço público: um grande ato unificado na entrada da veículos do campus São Cristóvão na sexta, dia 10, com concentração a partir das 6h e agregando toda a comunidade acadêmica: técnicos, estudantes e professores da UFS.

A Assembleia contou ainda com informações sobre o propcesso eleitoral para representação dos técnicos nos conselhos superiores da UFS - CONSU e CONEPE. Confira abaixo a nota emitida pela gestão 'A Luta Continua - Nenhum Direito a Menos': 

 

________________________________________

GARANTIDA A DISCUSSÃO SOBRE A DEMOCRATIZAÇÃO DO REGISTRO DE FREQUÊNCIA DOS SERVIDORES, CATEGORIA DELIBERA POR ACORDO COM A REITORIA, PARALISAÇÃO E ASSEMBLEIA DIA 10 DE NOVEMBRO!

 
Reunidos em Assembleia, nesta manhã, os técnicos-administrativos da UFS votaram importantes deliberações. Na pauta central estava a democratização do registro de freqüência dos trabalhadores que, após manifestação na última terça-feira, dia 31/10/17, havia sido recusada pelo Reitor. Em protesto, a categoria já havia deliberado na assembleia anterior que, se fosse recusado, suspenderíamos o registro biométrico e o mesmo seria feito em folha de freqüência manual. Após apresentação desta decisão, a Reitoria publicou nota bastante intransigente sobre o tema e, de imediato, o SINTUFS pediu esclarecimento sobre seu conteúdo. Nesta manhã, 07 de novembro, o Gabinete do Reitor recebeu representantes do Sindicato e manifestou interesse em discutir com a categoria. Deste modo, a proposta foi levada para decisão em Assembleia.
Veja abaixo as deliberações da Assembléia do dia 07/11/17:
 
SOBRE O REGISTRO DE FREQUÊNCIA
Considerando a proposta apresentada pelo Gabinete do Reitor, compromete do-se em atender a comissão de técnicos para discutir a redemocratização do registro de frequência do servidor e de que não haveria prejuízos aqueles que mantiveram o registro em folha de freqüência manual, o tema foi exaustivamente debatido pelos presentes na Assembleia. Em seguida, a categoria aprovou, por ampla maioria, o retorno ao registro de frequência através do ponto biométrico a partir do dia 8 de novembro, uma vez que entendeu que a reivindicação da categoria foi atendida pela Administração da UFS. A reunião com a Comissão, formada por quarto representantes da base e quarto representantes da Coordenação do SINTUFS, será realizada no próximo dia 16 de novembro, às 16 horas na Reitoria. Caso a reunião não permita avanços, a categoria poderá rever o posicionamento sobre o tema.
 
SOBRE A PARALISAÇÃO NO DIA 10 DE NOVEMBRO
Conforme decisão da Assembleia anterior e ratificado hoje, foi aprovada por unanimidade a adesão à Paralisação Nacional em defesa dos serviços públicos e contra as reformas do ilegítimo governo Temer no próximo dia 10 de novembro. A concentração para a manifestação será às 6 horas da manhã na entrada de carros do campus São Cristóvão da UFS. A manifestação será realizada por técnicos, professores e estudantes na manhã desta sexta-feira.
 
ASSEMBLEIA DE GREVE
Foi deliberada a manutenção da Assembleia com a pauta do indicativo de Greve no próprio dia 10 de novembro, às 9h, na entrada da UFS. Será garantida a estrutura de toldos, cadeiras e café da manhã. É muito importante a presença dos trabalhadores para que o Sindicato possa deliberar sobre a adesão ou não à Greve convocada pela FASUBRA.
 
ELEIÇÃO DOS CONSELHOS SUPERIOR E DE PESQUISA
Foi repassado em Assembleia a constituição da Comissão Eleitoral para escolha de representantes dos técnico-administrativos para o CONSU e CONEPE. A Reitoria indicou o nome de Inácio Loiola para presidir a Comissão Eleitoral e nessa assembleia houve a inscrição de Carolina Sampaio como representante da base. O SINTUFS deverá ainda indicar mais dois membros para Comissão Eleitoral. Veja o calendário:
13 a 15 de novembro de 2017: Inscrições
13 a 26 de novembro de 2017: Campanha
27 de novembro de 2017: Eleições
28 de novembro de 2017: Resultado e Recurso
29 de novembro de 2017: Homologação

SINTUFS
Gestão 'A Luta Continua - Nenhum Direito a Menos'
Biênio 2017/18